Vanessa vai à luta

11 fevereiro a 1 abril - M 6
sábados - 16:00

Temporada – Público escolar
POR MARCAÇÃO - Reservas para o 21 342 08 10 (10:00 - 13:00 | 14:30-18:00)
8 de fevereiro a 31 de março
quarta a sexta - 11h | 14h
 
Digressão nacional – Público escolar:
23 de janeiro a 31 de maio
POR MARCAÇÃO - Reservas para o 21 342 08 10 (10h-13h; 14h30-18h)
Dias e horários a combinar Cine-teatros de todo o país


Era uma vez uma menina que queria como prenda de anos uma metralhadora. Mas a mãe leva-a à loja a ver os brinquedos próprios das meninas: bonecas cor-de-rosa, espanadores, aspiradores, vestidinhos cor-de-rosa, máquinas de lavar roupa cor- de-rosa. E aí começa a luta da Vanessa para ter aquilo que ela quer e, no processo, perceber porque é que as pessoas pensam que há coisas próprias de meninas e coisas próprias de rapazes e se sempre foi assim e se tem mesmo de ser assim.
VANESSA VAI À LUTA é uma peça para todos que trata em tom de comédia as questões pertinentes da formatação familiar e social de indivíduos cujo potencial infinito é à partida reduzido aos papéis tradicionais de homem e mulher.   Luísa Costa Gomes
____________________________________________

Texto: Luísa Costa Gomes
Encenação: António Pires
Com: Carolina Campanela, Cátia Nunes, Hugo Mestre Amaro e João Veloso
Participação especial: Julie Sergeant
Figurinos: Luís Mesquita
Caracterização: Ivan Coletti
Desenho de luz: Paulo Sabino
Música: Paulo Abelho
Conceção cénica: António Pires com Alexandre Oliveira
Telões: Miguel Lima
Construção de cenário: Fábio Paulo
Mestra costureira: Rosário Balbi
Ilustração: Joana Villaverde
Direção de Produção: Ivan Coletti
Comunicação: Isabel Marques
Administração financeira: Ana Bordalo
Produtor: Alexandre Oliveira
Co-produção: Teatro da Trindade INATEL e Ar de Filmes / Teatro do Bairro
Brinquedos gentilmente cedidos por Francisco, Lia, Maria Inês e Maria Rita